Desenvolvimento e acompanhamento de editais de bolsistas

De GuiaEaD
Ir para: navegação, pesquisa

Setores/funções envolvidas:

Coordenações UAB, coordenação do processo seletivo/presidência da banca (designado por portaria), servidores que compõem a banca e equipe de T.I. da DEaD.

Fluxo de operacionalização do processo seletivo

Antes da publicação do edital

Planejar e desenvolver o edital

  • Solicitar portaria para comissão de elaboração do edital (quando couber)
  • Escrever o edital do processo seletivo
  • Formar a banca de análise documental
  • Solicitar portaria de formação da banca
  • Solicitar parecer jurídico (quando couber)
  • Solicitar assinatura da Pró-Reitora

Cadastrar e configurar o processo seletivo no sistema de concursos

  • Criar o processo seletivo no sistema
  • Cadastrar as vagas descritas no edital
  • Cadastrar e configurar todas as as etapas
    • Datas
    • Critérios de desempate
    • Pontos de corte
  • Fazer upload dos arquivos que compõem o edital
  • Deixar o edital pronto para que ocorram as inscrições

Após a publicação e durante o período de inscrições

  • Acompanhar o seletivo durante o tempo de publicação
    • Acompanhar a caixa de e-mail citada no edital e responder as dúvidas dos candidatos.
    • Interagir com os integrantes da banca e organizar as análises das documentações
    • Ter conhecimento dos prazos e distribuir as demandas aos envolvidos no processo seletivo
    • Solicitar publicações dos resultados das etapas do processo seletivo com a devida antecedência

Após o período de inscrições

  • Monitorar o cronograma do edital e efetuar todas as publicações em tempo hábil
  • Interagir com os integrantes da banca para operacionalizar as análises das documentações
  • Operacionalizar os lançamentos das pontuações no sistema de concursos
    • Lançar as pontuações levando em conta os critérios do edital
    • Processar as classificações e resultados
  • Acompanhar o recebimento de recursos
  • Publicar todos os resultados de acordo com o cronograma do edital